Animais protegidos: Câmara aprova Lei de Combate aos Maus-Tratos em São José dos Pinhais

A Câmara Municipal de São José dos Pinhais aprovou uma lei importante para garantir a proteção dos animais do município. Por meio do Projeto de Lei nº 615/2022, os vereadores aprovaram, em 2º turno, a Lei de Combate aos Maus-Tratos contra os Animais, durante a 20ª Sessão Ordinária, nesta quinta-feira (20). O PL é do vereador Delegado Michel (PSD) e recebeu a aprovação da unanimidade dos parlamentares.

A Lei de Combate aos Maus-Tratos contra os Animais atua no município de São José dos Pinhais, trazendo sanções e penalidades administrativas para aqueles que praticarem maus-tratos aos animais.

O documento (Projeto de Lei nº 615/2022) traz definições sobre o que caracteriza maus-tratos. Entre eles, toda e qualquer ação ou omissão da qual decorra crueldade, abuso, imprudência, negligência, imperícia ou ato voluntário e intencional que atente contra a saúde e necessidades naturais, físicas e mentais dos animais.

Além disso, o PL discorre sobre atos específicos: provocar dor ou sofrimento desnecessários aos animais; mantê-los sem abrigo ou em lugares em condições insalubres, perigosas ou inadequadas ao seu porte e espécie ou que lhes ocasionem desconforto físico ou mental, inclusive em razão do uso de correntes e confinamento.

Também se considera maus-tratos quando os animais estão privados de necessidades básicas tais como alimento adequado à espécie e água própria ao consumo. Assim como criá-los, mantê-los ou expô-los em recintos desprovidos de limpeza, desinfecção ou que propiciem a proliferação de microrganismos nocivos. Negligenciar a saúde dos animais, deixar de proporcionar abrigo e ainda abandoná-los em quaisquer circunstâncias.

O PL aprovado pela unanimidade dos vereadores da Casa determina que o tutor será punido em caso de animais que apresente ferimentos e/ou mutilações, sofrimento e/ou morte injustificável do animal, dentre outros atos considerados cruéis em razão da sua natureza.

As punições, para que desacatar a lei, vão de advertência por escrito e multa até perda definitiva do animal e medidas socioeducativas, como pagamento de despesas com o tratamento dos bichos. A Lei dispõe de graduação de infração: leve, grave e muito grave.

Agora, o Projeto de Lei vai à sanção da prefeita Nina Singer.

20ª Sessão Ordinária do 1ª Período Legislativo. Foto: CMSJP

 

Transporte

Também por unanimidade, o Projeto de Lei nº 662/2023 dos vereadores Alex Purkote e Juliano Martins (PSC) recebeu aprovação durante a Sessão desta quinta-feira (20). A partir disso, após sanção do Poder Executivo, os ônibus do transporte coletivo do município terão de estar aptos a receber pagamento de tarifa por cartão de crédito, débito e ou PIX.

Na justificativa do PL, a nova modalidade ‘contribui na modernização do pagamento dos usuários de transporte público municipal, aumentando a segurança e, por conseguinte, diminuindo a vulnerabilidade – tanto dos usuários quanto dos empregados desse setor’, já que tende a diminuir consideravelmente o fluxo de dinheiro em espécie ao longo do tempo.

A ideia é democratizar o acesso, já que usuários eventuais do transporte coletivo acabam por não usar essa modalidade por não possuir o cartão exclusivo dos órgãos competentes. ‘A previsão estabelecida pelo caput deste artigo deverá constar nos novos editais de licitação de concessão do serviço de transporte público municipal’, diz o PL

Outros

Do vereador Alex Purkote (Cidadania), o Projeto de Lei nº 656/2023 também foi aprovado por unanimidade. O documento altera o dispositivo da Lei nº 1.672, de 23 de fevereiro de 2011, que dispõe sobre o serviço de táxi, atividade de interesse público que consiste no transporte de passageiros e de bens em veículo de aluguel a taxímetro em São José dos Pinhais. “Os táxis que atingirem o seu limite de idade nos anos de 2021 e 2022 terão seu vencimento prorrogado até 2023”, diz o documento.

Em 2º turno, foi aprovado o Projeto de Lei nº 704/2023, do vereador Professor Wellington, que concede o Título de Cidadão Honorário de São José dos Pinhais ao Senhor Abraham Lincoln Merheb Calixto.

Usaram a tribuna os vereadores: Samuel Pinheiro (Republicanos) e Prof. Abelino (Cidadania).

A próxima sessão está marcada para terça-feira (25), a partir das 9 horas, com transmissões simultâneas nos canais oficiais do Youtube e Facebook da Câmara Municipal de São José dos Pinhais.

Um comentário em “Animais protegidos: Câmara aprova Lei de Combate aos Maus-Tratos em São José dos Pinhais

  • 16 de maio de 2023 em 08:31
    Permalink

    DESDE QUE A 38 ANOS MORO EM SJP, NUNCA TIVE UMA SOLICITACAO POSITIVA DA SEC.MEIO AMBIENTE DE SJP. CASTRAÇÃO DEMIRA 1 ANO NA FILA, MAUS TRATOS NEM LUGANDO PARA A POLICIA RESOLVE. TENHO 8 CAES E O DINHEIRO DE MINHA APOSENTADORIA 50% VAI PARA ELES. E 3 GATOS QUE VIERAM POR CONTA POR COMA DA CASA EM BUSCA DE ALIMENTOS. TENHO SEMPRE SURPRESAS POIS JOGAM CÃES DENTRO DO MEU QUINTAL E PARAM O CARRO E DESOVAM CADELAS NO CIO. UMA POUCA VERGONHA. HÁ DOIS DIAS TIVE QUE RECOLHER UMA QUE FOI DEIXADA AQUI NA FRENTE DE CASA, ESTAVA MO CIP E OS CES ENORMES ESTAVAM JUDIANDO DELA , ELA VEIO ATE NEU FILHO DEITOU NOS PES DELE PEDINDO AJUDA E TROUXEMOS PARA DENTRO SÓ QUE FAZEM DOIS DIAS QUE NAO COME E EVACUA. ESTA DOENTE NAO POSSO FAZER NADA ESTOU SOFRENDO. E PERG7NTO ONDE A LEI AJUDA NESTA PARTE???SE LIGAR NA SECRETARIA MEIO AMBIENTE NAO PODEM FAZER NADA. UMA VERGONHA SURGE LEI TODA HORA MAS NAO VEJO A PRATICA. AO MENOS ESTE TEXTOSERA LIDO?DUVIDO.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support