Professor Marcelo e Tadeu Camargo fiscalizam obras de contenção de enchentes no Jardim Veneza

Vereadores apresentarão requerimento para verificar autorizações ambientais de empreendimentos da região.

           Os vereadores Professor Marcelo e Tadeu Camargo estiveram, na manhã desta quarta-feira (26), no bairro Jardim Veneza, um dos mais afetados pela grande quantidade de chuva que atingiu São José dos Pinhais na última quinta-feira (20). Na ocasião, os vereadores fiscalizaram obras da prefeitura no Rio Avariú, visitaram empresas e conversaram com moradores sobre o problema.

            Segundo Marcelo, o objetivo da visita foi, principalmente, a coleta de dados para elaboração de um requerimento solicitando informações ao executivo sobre as autorizações para realização de empreendimentos imobiliários e comerciais na região. “Além do grande volume de chuva e quantidade de lixo nos rios, acreditamos que algumas obras podem ter piorado o escoamento da água. Por isso solicitaremos os documentos para fiscalizarmos se as exigências legais e ambientais foram cumpridas”, explicou.

            Ainda, os vereadores percorreram as margens do Rio Avariú, fiscalizando as obras de contenção de enchentes realizadas pela prefeitura. Na altura da Avenida Rui Barbosa, o diretor da secretaria de obras, Antônio Rios Junior, explicou que as obras de alargamento das manilhas e do canal extravasor serão concluídas em janeiro. “Mesmo com uma galeria a mais do que as que normalmente existem, o rio transbordou”, disse Antônio. Também estão sendo limpos todos os bueiros do bairro, cerca de 70, segundo a secretaria de obras. O vereador Marcelo destinou, este ano, 450 mil reais em emendas impositivas para construção de um muro de contenção em parte do Riu Avariú.

            Alguns moradores da região contam que a enchente se deu em questão de segundos. “Foi tudo muito rápido, mas acredito que todos têm uma parcela de culpa, pois no dia seguinte foi retirado muito lixo do rio, até fogões e sofás”, disse a moradora Erotildes Oliveira, que também afirmou que a defesa civil ajudou muito a comunidade limpando ruas e doando mantimentos.

            Empresas próximas ao supermercado Jacomar também foram atingidas na mesma ocasião. A proprietária de uma delas, Tânia Célia de Bono, ainda não consegue calcular os prejuízos. “Estamos limpando o barracão que encheu de lama, e as nossas máquinas também. Mas já sabemos que o prejuízo será grande”, disse. O vereador Tadeu Camargo acredita que com as respostas ao requerimento, muitas dúvidas serão esclarecidas. “A partir dessa documentação poderemos avaliar se houve responsáveis e estudarmos quais atitudes poderão ser tomadas para solucionar o problema”, disse.

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 26.10.2016

Empresas ainda contabilizam os prejuízos.
Obras de contenção no Rio Avariú.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *