Vereadores cobram solução para enchentes que atingem o município

Eles também pediram maior conscientização da população em relação ao meio ambiente

             Os vereadores utilizaram a palavra durante a sessão ordinária da Câmara Municipal, na manhã desta terça-feira (25), para comentar as enchentes que atingiram vários bairros de São José dos Pinhais na última semana. Além de cobrarem soluções do poder público, também pediram maior conscientização ambiental da população.

            O vereador Gilberto Mello abriu o tema falando especificamente do bairro São Marcos. Segundo ele, é necessária a realização de uma limpeza no canal extravasor da região e troca de manilhas. “A última limpeza foi feita há quatro anos, mas é preciso que seja, no mínimo, a cada dois anos, se não a comunidade sofrerá com as chuvas de verão que estão por vir”, disse. O vereador Onildo, que também atua no São Marcos, concordou com o posicionamento de Gilberto e afirmou que o problema já se arrasta há 20 anos. “O canal extravasor melhorou a situação, mas não resolveu as enchentes de modo definitivo”, explicou.

            O vereador Professor Abelino lembrou que indenizações devidas a moradores das margens do Rio Itaqui, no bairro Guatupê, por conta de enchentes constantes ainda não foram pagas pela prefeitura, o que prejudica ainda mais a situação no local. Para Tadeu Camargo, o nível elevado de chuva prejudicou muitas pessoas, no entanto, a prevenção poderia ter sido realizada através de obras e da conscientização da população para que não jogue lixo nas ruas e rios.

            Ainda sobre educação ambiental e participação da comunidade na prevenção às enchentes, os vereadores Professor Marcelo e Carlos Machado acreditam que grandes obras e a especulação imobiliária pioram o problema. “o asfaltamento excessivo e a impermeabilização do solo dificultam a vazão da água para o solo”, disse Marcelo. “Todos somos responsáveis por esta agressão brutal à natureza. A população joga lixo pelas ruas, não protege as matas ciliares e isso, combinado ao alto volume de chuva, é o que causa as enchentes. Temos 99% de coleta de lixo na cidade e a comunidade deve descartar seu lixo corretamente”, finalizou Carlos.

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 25.10.2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *