Votação do Projeto que prorroga utilização do amianto é suspensa na Câmara

Vereador Professor Abelino apresentou emenda em sessão tumultuada do legislativo.

             Em sessão tumultuada na Câmara Municipal, na manhã desta quinta-feira (09), foi suspensa a votação do Projeto de Lei que prorrogaria o prazo para o banimento da utilização do amianto em empresas de São José dos Pinhais em mais três anos. O vereador Professor Abelino apresentou uma emenda ao projeto, fato que, de acordo com o regimento interno da Casa, suspende a votação para análise da proposta pelas comissões pertinentes.

            A emenda apresentada sugere que a prorrogação só seja aprovada mediante termo de ajuste e conduta a ser firmado a critério do executivo. Segundo Abelino, o Projeto deve ser melhor analisado, através de estudo técnico e convocação de audiência pública para discussão do tema.

            Grupos contra e a favor da prorrogação participaram da sessão, que precisou ser interrompida por cinco minutos para que os ânimos fossem acalmados. “O Projeto passou pelo seu trâmite legal e foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça. Com todo respeito que tenho ao Ministério Público e aos sindicatos, não queremos assumir a responsabilidade de desempregar mais de 1200 trabalhadores”, disse o presidente da Casa, vereador Sylvio Monteiro.

            O tema foi discutido também na sessão ordinária da última terça-feira (07). Fizeram uso da palavra os representantes da Associação Brasileira de Vítimas do Amianto e da empresa Multilit. A maioria dos vereadores já se declarou a favor da prorrogação. A emenda apresentada será analisada pelas comissões pertinentes, que têm o prazo de cinco dias para devolvê-la para votação em plenário.

Renata Teixeira Gomes

Assessoria de Imprensa 09.06.2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *