Enchentes são tema de debate na Câmara Municipal

Vereadores discutiram possíveis soluções durante a sessão ordinária desta quinta-feira (25)

Foto: gabinete vereador Luiz Paulo

           As chuvas que têm atingido São José dos Pinhais nos últimos dois meses e prejudicado a vida da população foram tema de debate durante a sessão ordinária desta quinta-feira (25). Quem iniciou a discussão foi o vereador Luiz Paulo, que exibiu um vídeo com imagens de vários pontos de alagamento no município e depoimentos de pessoas que foram atingidas.

            Segundo Luiz Paulo, as cenas têm se repetido já há vários anos, inclusive com diversas reuniões promovidas pelos vereadores juntamente com autoridades competentes, mas sem resultados eficazes. “As famílias estão preocupadas, pois sabem que ano que vem essa situação vai se repetir. Temos que cobrar atitudes agora para podermos prevenir o problema”, disse. O vereador também percorreu toda a extensão do canal extravasor do Rio Iguaçu e detectou vários bancos de areia, que indicam a necessidade de limpeza para que a água possa escoar mais facilmente.

            O vereador Onildo completou relatando que, há cerca de um mês, por causa da chuva e, principalmente, por falta de planejamento, a Avenida Rui Barbosa ficou intransitável em alguns trechos. “Ao lado do canal extravasor do Rio Ressaca as casas foram alagadas, pois, as manilhas estão abaixo do nível”, explicou.

            No bairro São Pedro várias casas também estão sendo inundadas, de acordo com o vereador Tadeu Camargo. “Desde a instalação de um hipermercado na região as enchentes aumentaram assustadoramente, várias pessoas e empresas têm perdido seus bens. A pergunta que fica é: quando uma equipe técnica faz os estudos de impacto da vizinhança não consegue identificar que uma construção da dimensão de um hipermercado em uma área de bacia irá causar problemas?”, questionou.

            Já para o vereador Carlos Machado a culpa é também, em partes, da população que joga lixo em rios, ruas e valetas. “Aqui em São José dos Pinhais temos coleta de 90% do lixo. É uma falta de educação e cultura de quem joga sofás, eletrodomésticos, garrafas pets nas margens dos rios ou nas ruas”, disse Carlos lembrando, ainda, do perigo da atual epidemia de dengue.

Fotos: gabinete vereador Luiz Paulo

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 25.02.2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *