Luiz Paulo solicita reassentamento de famílias que moram em áreas de risco no Rio Pequeno e Jardim Jurema

Vereador reuniu-se com diretora e engenheiro da secretaria municipal de habitação

            Desde o início de seu mandato, o vereador Luiz Paulo vem acompanhando vários processos de regularização fundiária e reassentamento de famílias ocupantes de áreas de risco em São José dos Pinhais. Na manhã desta sexta-feira (15), Luiz Paulo reuniu-se à diretora da secretaria municipal de habitação, Iara Folador, e ao engenheiro Ângelo Moro, para discutir a possibilidade de desenvolvimento de um projeto de reassentamento de famílias que moram às margens do Rio Pequeno e no bairro Jardim Jurema.

            Segundo o vereador, os moradores dessas regiões vêm sofrendo, há muito tempo, com as constantes enchentes. “Este é um problema grave e antigo que atinge diversas famílias. A cada chuva forte as ruas e casas ficam alagadas, prejudicando a mobilidade e a saúde das pessoas, além das perdas materiais irreparáveis”, explicou.

            Ainda foram discutidos, na ocasião, os programas de regularização fundiária já em andamento e que o vereador também tem acompanhado, como por exemplo, Costeirinha, Jardim Modelo, Moradias Holtmann e Riacho Doce. Alguns deles já estão em fase de encerramento, enquanto outros ainda dependem de autorização do IAP – Instituto Ambiental do Paraná, as quais, segundo a secretaria, já estão sendo providenciadas.

            Quanto ao reassentamento de famílias do Rio Pequeno e Jardim Jurema, os representantes da habitação afirmaram que entrarão em contato com a Defesa Civil para desenvolvimento conjunto de um relatório das necessidades e gravidade das áreas de risco. “Sabemos que esse é um projeto que demanda tempo e recursos em grande escala, mas precisamos dar o primeiro passo para que possamos chegar a uma solução viável para todos”, finalizou Luiz Paulo.

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 15/01/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *