Sylvio Monteiro critica demissão de médica do município

Presidente da Câmara repudiou atitude, classificando-a como “politicagem”.

          O presidente da Câmara Municipal, vereador Sylvio Monteiro, usou a palavra em tribuna durante a sessão ordinária desta quinta-feira (07), para criticar a demissão da médica da Unidade Básica de Saúde da Cotia, Thaís Pereira de Quadros. Sylvio classificou o ato como “politicagem”.

            De acordo com informações obtidas por ele, a médica foi desligada da Unidade Básica e cumprirá seu aviso prévio no posto do Martinópolis, bairro Borda do Campo. Isso porque Thaís faltou a quatro dias de trabalho devido a uma conjuntivite. “No entanto, ela tinha atestado médico e avisou a coordenação da Unidade Básica em que trabalhava. Mas a coordenadora alegou não ter sido avisada, fato este que podemos desmentir através de ata assinada por ela”, explicou.

            O presidente comentou também que enviou ofício ao prefeito e ao secretário municipal de saúde alertando sobre o ocorrido e solicitando informações a respeito dos motivos da demissão. “Até agora não obtive resposta a este ofício. É lamentável que estes equívocos da gestão pública ainda aconteçam, pois, além da demissão injusta e desnecessária da funcionária, a comunidade é prejudicada”, disse Sylvio.

            Os moradores da região da Cotia elaboraram abaixo-assinado com mais de quatrocentas assinaturas solicitando a permanência da médica na Unidade. O presidente encerrou seu discurso pedindo ao prefeito e secretário de saúde para que reflitam a respeito do caso e, ainda, questionou a constante troca de profissionais na Unidade de Saúde da Cotia. “Este é um caso de saúde pública e com saúde não se deve fazer politicagem, deve se praticar gestão pública eficiente e de qualidade”, finalizou.

Atestado apresentado pela médica Thais Pereira de Quadros

Assessoria de Imprensa 07.05.2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *