Autopista Litoral Sul esclarece obras na região do São Marcos

Vereador Onildo promoveu reunião entre concessionária, comunidade e executivo.

              Preocupado com as diversas reclamações que tem recebido dos moradores da região do São Marcos em relação às obras realizadas na rodovia BR 376, o vereador Onildo convocou reunião, realizada nesta segunda-feira (25), entre concessionária Autopista Litoral Sul, comerciantes, líderes comunitários e executivo municipal. Os participantes discutiram as solicitações dos moradores próximos às marginais e soluções para melhor atendê-los sem prejudicar o tráfego e a segurança dos usuários.

            O corregedor do legislativo abriu o debate destacando a importância das obras para melhoria da qualidade de vida do cidadão. “Sabemos que as mudanças vêm para melhorar o fluxo da rodovia e garantir a segurança de todos. Além disso, São José dos Pinhais é cidade estratégica para o escoamento de cargas, por isso merece melhorias”, disse o vereador. Onildo também pediu que a concessionária leve em conta as demandas da comunidade do entorno da BR 376. “A grande preocupação é  se haverá outra opção de retorno na altura dos Jardins Carmem e Fabíola, para que o morador não tenha que ir até o contorno do Inhaíva, percorrendo cerca de 10 quilômetros a mais, para chegar ao São Marcos que é do outro lado da pista”, explicou.

            Para o prefeito Luiz Carlos Setim, a expectativa da comunidade é muito grande e, por isso, sua participação na discussão é essencial. “Cobrar é necessário, mas também precisamos entender como as coisas funcionam e é para esclarecer os moradores que estamos aqui hoje, juntamente com a concessionária que administra o trecho”, disse. A vereadora Nina Singer pediu, à Autopista, que em primeiro lugar escute as reivindicações da comunidade, pois, em sua opinião, ela não tem sido consultada em relação às mudanças.

         Antes de responder aos questionamentos, o diretor superintendente da empresa, Paulo Castro, apresentou melhorias já realizadas e em andamento, inclusive um ambulatório de emergência construído em frente ao Hospital São José, que será inaugurado no próximo dia 30. Segundo o gerente de engenharia, Fernando Araújo, a concessionária sempre esteve à disposição da comunidade, preocupando-se com seu bem estar. “Foram realizadas uma série de obras que não estavam no contrato para garantir a segurança da pista e dos moradores da região. Sem dúvida estudaremos caso a caso e sugerimos que as conversas continuem”, disse.

                 No entanto, assim como a vereadora Nina Singer, os líderes comunitários também acreditam que não tem havido diálogo entre população e Autopista, demonstrando o desinteresse desta. “Vários comerciantes tem sido prejudicados pelas marginais de mão única e retornos distantes do São Marcos”, explicou Mauro Knorst em nome dos demais. De acordo com Onildo, será formada comissão para levar os pedidos à ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e continuar a luta pelas melhorias na região.

          Além dos citados, também estiveram presentes os vereadores Tadeu Camargo e Doutor Ido; os secretários municipais Marcelo Ferraz César, Leandro Rocha e Valdir Furlan e o gerente de obras da Autopista Litoral Sul, Júnior Teixeira.

Vereador Onildo promoveu reunião entre moradores e Autopista.
Participação de comerciantes e líderes comunitários.

Renata Teixeira Gomes
Fotos: Fernanda Grebogy

Assessoria de Imprensa 25/11/2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *