Luiz Paulo solicita melhorias de mobilidade no Quissisana e Rio Pequeno

Vereador apresentou soluções aos problemas de trânsito na região aos secretários responsáveis.

 

            Atendendo o convite do vereador Luiz Paulo, os secretários municipais de trânsito e urbanismo, Adriano Muhlstedt e Marcelo Ferraz, respectivamente, visitaram vias do bairro Quissisana e Rio Pequeno para verificar problemas de tráfego na região. O encontro realizou-se na manhã dessa quarta-feira (02) e, na ocasião, o vereador sugeriu adequação no trânsito e em cruzamento que oferece perigo aos motoristas e pedestres.

            O primeiro local visitado foi a Rua Benjamin Possebom, onde Luiz Paulo apresentou indicação para que se altere o estacionamento para apenas um sentido da via, pois, em horários de pico – de manhã e a tarde, os carros estacionados nos dois sentidos têm atrapalhado a fluidez do trânsito. “Também gostaria de solicitar o alargamento da rua em pelo menos um metro para facilitar ainda mais a passagem dos veículos”, disse o vereador aos secretários que se comprometeram a estudar a viabilidade do pedido.

            Próximo ao Colégio Elza Scherner Moro, no Rio Pequeno, o vereador sugeriu a construção de uma rotatória para melhorar a mobilidade no local, que fica bastante prejudicada na entrada e saída das aulas. Luiz Paulo pediu a adequação de terreno da prefeitura próximo ao colégio, para instalação da rotatória.

            Os secretários também visitaram o terreno em que o vereador solicita estudos necessários e desapropriação, para abertura de nova via que ligará as Ruas João Holtmann, no Riacho Doce a Silvio Pinto Ribeiro, no Quissisana. “Queremos tentar desviar o fluxo de caminhões por essa nova rua para que eles não precisem trafegar por dentro do bairro, pois causam tumultos no trânsito, além de estragarem o asfalto”, explicou Luiz Paulo.

            Por último, o vereador apresentou aos secretários o problema de visibilidade na esquina das ruas Almerinda de Oliveira Alves e Deputado Ernesto Moro Redeski. De acordo com moradores e comerciantes do local, têm ocorrido vários acidentes devido à falta de visão no cruzamento. Os secretários ouviram os pedidos atentamente e irão estudar a viabilidade de cada um. “Temos que analisar os impactos sociais e ambientais e após isso, correr atrás de recursos necessários. Algumas solicitações são de simples resolução, outras demandam maior estudo e investimento, mas faremos o possível para atender a todas”, disse o secretário municipal de urbanismo, Marcelo Ferraz.

Vereador sugeriu adequação de vias para melhoria da mobilidade.
Cruzamento com baixa visibilidade.

Renata Teixeira Gomes
Fotos: Fernanda Grebogy

Assessoria de Imprensa 03/10/2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support