Câmara aprova pedido de vistas a projetos que extinguem empregos públicos

Vereadores terão mais quinze dias para analisar determinação do Ministério Público

            Projetos de lei oriundos do executivo e que estão causando polêmica no município serão melhores analisados pela Câmara Municipal. Com a responsabilidade de debater e legislar, os vereadores aprovaram, na sessão ordinária desta quinta-feira (12), pedido de vistas aos projetos que extinguem empregos públicos.

            De acordo com os projetos, por recomendação do ministério público, deverão ser extintos os empregos de preparador de alimentos e agentes de combate a endemias, este integrante do programa Saúde da Família. Tais empregos deverão ser regidos pelo regime estatutário e não mais CLT, como atualmente. Os servidores reivindicam a mudança do regime CLT para estatutário, para que todos os servidores possam usufruir de direitos iguais.

            Os pedidos de vistas foram solicitados pelos vereadores professor Abelino e Luiz Monteiro. “A comissão de educação está fazendo um levantamento sobre a qualidade do serviço de alimentação nas escolas e produzirá um relatório sobre o assunto. Precisamos destas informações para votarmos da melhor maneira possível”, disse Abelino que é presidente da comissão de educação, cultura, esporte e lazer da Câmara.

            Também fez uso da palavra o vereador Aílton Fenemê. “Já conversei com o prefeito e vamos apresentar emendas a esses projetos. Vou mandar as cópias a todos os vereadores para que eles possam analisá-las”, disse. O vereador Onildo mostrou-se incomodado com a demora da votação. “Essa situação nos preocupa bastante, pois não é justo que os profissionais larguem seus afazeres para, todo dia, terem de lutar por seus direitos”, explicou o vereador.

            O legislativo tem quinze dias para analisar os projetos e apresentar emendas. “Espero que as modificações realmente contemplem os funcionários públicos em questão, pois eles fazem um belíssimo trabalho”, afirmou a vereadora Lucia Stoco, finalizando o debate.

Renata Teixeira Gomes
Foto: Fernanda Grebogy

Assessoria de Imprensa 12/09/2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support