Vereadores participam de curso de educação fiscal

Evento capacitou agentes fiscais do município

 

            A Câmara Municipal sediou, na noite da última sexta-feira (06), curso promovido pela prefeitura, Secretaria de Educação do Paraná e Esaf (Escola de Administração Fazendária) com o tema educação fiscal. Além de agentes fiscais e demais servidores do executivo, alguns vereadores também assistiram à palestra.

            Com a intenção de capacitar todos os agentes fiscais de São José dos Pinhais e demais servidores interessados no assunto, a palestrante Eliana de Fátima Vieira, coordenadora estadual do curso de Disseminadores de Educação Fiscal do Paraná, explanou sobre o tema, destacando a importância da educação fiscal. “Os municípios devem, de forma eficaz e moderna, fiscalizar e cobrar impostos devidos aos cofres públicos a fim de garantir que os recursos cheguem até as comunidades e garantam bons serviços a todos”, afirmou.

          Compareceram ao evento o prefeito em exercício, Toninho da Farmácia; o secretário de finanças, Pedro Setenareski; o juiz da vara de fazenda pública, Erick Hubs; o representante da Esaf, Mário Mendes de Barros; o representante da secretaria estadual de educação, Maurício Ferraz da Costa; o presidente da Associação de Agentes Fiscais, Walfrido Pasqualini; os vereadores Tadeu Camargo, Mari Temperasso, professor Marcelo Guilherme, Onildo e Luiz Monteiro e os representantes dos vereadores professor Assis, professor Abelino, Wilson Cabelo e Nina Singer.

     O vereador Tadeu Camargo, que também é contador, parabenizou a iniciativa do executivo e Esaf. “Este aprimoramento é um exemplo de valorização do profissional. Além disso, a área tributária deve estar sempre em sintonia com a globalização para maior agilidade e eficiência”, disse o vereador, que falou em nome do legislativo.

            O prefeito em exercício, Toninho da Farmácia, agradeceu o trabalho realizado pelos agentes fiscais. “O número de profissionais no município é limitado e a cidade cresce cada dia mais. Muitas vezes os agentes fiscais são incompreendidos pelos contribuintes, o que gera vários conflitos. Por isso, eles têm nosso reconhecimento e respeito pelo trabalho realizado”, disse.

Vereadores professor Marcelo e Mari Temperasso.
Onildo e Luiz Monteiro.

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 09/09/2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support