Leandro da Nifer discute falhas no serviço postal do município

Vereador apresentou requerimento para formação de comissão para propor soluções

 

            O vereador Leandro da Nifer fez uso da palavra em tribuna, durante a sessão ordinária da Câmara dessa terça-feira (23), para comentar falhas nos serviços dos correios em São José dos Pinhais. Na mesma ocasião, o vereador apresentou requerimento solicitando a formação de uma comissão especial que irá analisar e propor soluções ao problema.

            Segundo Leandro, o Sintcom – Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná, pediu apoio da Casa e dos vereadores para debater sobre a situação da instituição no município. “Tem havido constantes atrasos na entrega de correspondências, fato que tem causado descontentamento e prejuízos à população. Sabemos que a responsabilidade não é dos trabalhadores e, sim, das péssimas condições de trabalho e falta de efetivo”, explicou o vereador.

            Os correios, em São José dos Pinhais, conta com 70 funcionários, sendo 38 no centro de distribuição do Afonso Pena e 32 no centro. “O ideal seria um efetivo de, pelo menos, cem funcionários”, disse o vereador, que também destacou a precária estrutura dos materiais de trabalho como vestuário, calçados, bicicletas e motos. Além disso, os espaços físicos são inadequados, segundo Leandro, e os funcionários sofrem com a carga excessiva de trabalho que é de cerca de 2 a 3 horas extras por dia.

            “Em São José dos Pinhais há apenas duas agências próprias dos correios, na Borda do Campo e Rua XV de Novembro, e mais duas franqueadas no Afonso Pena e Centro. Precisamos de mais uma agência própria e a volta das agências comunitárias da área rural que, atualmente é de apenas três”, sugeriu Leandro.

            Pensando em solucionar o problema, o vereador apresentou, na ocasião, requerimento que foi aprovado por unanimidade, solicitando a formação de uma comissão especial para analisar e propor soluções. Tal comissão será composta de três vereadores que terão o prazo de dois meses para concluir os trabalhos. “Vamos promover audiência pública com autoridades, comunidade e funcionários da instituição para expor a situação, pois esse é um serviço essencial e de direito do contribuinte”, finalizou.

 

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 25/04/2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support