Luiz Paulo faz reunião para promover cultura afro em São José dos Pinhais

Vereador reuniu lideranças da área e representantes do executivo

 

     O vereador Luiz Paulo promoveu, na manhã dessa segunda-feira (18), reunião com líderes de associações e representantes do poder executivo para discutir a criação de políticas públicas que promovam igualdade racial e a cultura negra no município. O encontro realizou-se na sede do núcleo regional de educação da área metropolitana sul.

            Participaram da reunião, além do vereador, os assessores da Secretaria de Cultura, Sônia, Ranger e Maria; o diretor da Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo, Marlon; Mestre Kunta, do Centro de Estudos da Cultura Afro-Brasileira; Jaime Tadeu, presidente da Associação Cultural de Negritude e Ação Popular (Acnap) e o diretor fundador da Acnap, Paulo Borges.

            De acordo com o vereador este primeiro encontrou serviu para organizar sugestões, opiniões e dados. “Sabemos que vamos enfrentar muitos desafios, pois o choque cultural é grande. Visualizaremos as principais questões, a viabilidade das ideias e ampliaremos o debate com os demais vereadores e comunidade”, disse Luiz Paulo.

            As ideias iniciais são as de criar espaços que divulguem a cultura afrodescendente, como religião, música, capoeira, entre outras e a criação de uma semana dedicada ao assunto com fóruns de discussão, exposições e eventos relacionados.

            Segundo Mestre Kunta, há quatro anos a população negra do município era de 17,5%. “Essa porcentagem é bastante significativa e o poder público pode, através de suas políticas, dar mais visibilidade à cultura afro, principalmente nas escolas, para que as crianças tenham contato e outra visão a respeito”, disse Kunta que destacou, também, a necessidade de capacitação dos professores para o ensino da cultura negra.

            O diretor fundador da Acnap, Paulo Borges, sugeriu a criação de uma associação municipal. “Para debate de ideias e maior representatividade nas decisões políticas tomadas, pois, a questão não envolve só os negros e sim, toda sociedade”, afirmou Borges.

            O grupo formou uma comissão para debater e apresentar sugestões ao Legislativo e Executivo e a próxima reunião foi marcada para daqui vinte dias. “Acredito que ao unirmos novas ideias, boa vontade e experiência, faremos um trabalho responsável e consistente que envolverá toda comunidade são-joseense”, finalizou Luiz Paulo.

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 19/02/2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support