Vereadores aprovam lei que coíbe transporte clandestino de passageiros em São José dos Pinhais

 

            Os vereadores aprovaram, durante a sessão ordinária da Câmara Municipal desta terça-feira (22), o projeto de lei do Executivo que estabelece normas para coibir o transporte clandestino e irregular de passageiros na cidade. A elaboração do projeto se deu através de denúncias dessa prática, principalmente no serviço de táxi e fretamento.

            De acordo com o documento, que segue para a sanção do Executivo, o transporte remunerado ou a captação de passageiros em São José dos Pinhais, nas modalidades coletivo público, táxi, escolar e fretamento, somente será permitido mediante apresentação de documentos comprobatórios da concessão, que serão emitidos pelo município.

            Para o presidente da Casa, vereador professor Assis (PSDB), o projeto veio em boa hora. “A Câmara, desde 2010, solicita a intensificação da fiscalização do serviço de táxi, principalmente no aeroporto internacional Afonso Pena. Agora o município poderá corrigir essa discrepância no serviço”, afirmou Assis, que também comentou que os taxistas perdem, em São José dos Pinhais, cerca de 300 corridas diárias na concorrência com os piratas.

            O vereador professor Walder Mulbak (PSD) destacou a falta de segurança para passageiros que utilizam o transporte irregular. “No meio destes irregulares sabemos que há os que defendem seu sustento, mas outros vivem na marginalidade, sendo que o passageiro fica mais vulnerável a sequestros e roubos”.

 

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 22/05/2012

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *