Câmara Municipal lança cartilha da Escola de Cidadania

Material conta história do município e função dos três poderes em linguagem própria para os jovens

 

            O Legislativo são-joseense lançou, na manhã desta quarta-feira (14), a nova cartilha da Escola de Cidadania. Em linguagem adequada à comunicação com os jovens, a cartilha conta a história do município e as funções dos três poderes.

            Na ocasião estiveram presentes o prefeito Ivan Rodrigues, os vereadores Professor Assis (PSDB), Gastão Vosgerau (PSDB) e Toninho da Anderson (PSD), diversos secretários municipais e diretores, professores e alunos das escolas do município.

            O presidente da Câmara, vereador professor Assis, agradeceu aos que tornaram possível a produção da cartilha. “O Legislativo tem, há muito tempo, tentado se aproximar da população, em especial de crianças e jovens. Com a cartilha buscamos informar as ações da Escola de Cidadania, a história da cidade e o papel dos três poderes. Agradeço as pessoas que se dedicaram na pesquisa e produção do trabalho”.

            Ao fazer uso da palavra o prefeito Ivan Rodrigues destacou a importância do processo democrático. “Discutir a formação dos jovens para a cidadania é fundamental para a preservação da democracia. É esse aprendizado que vai solucionar efetivamente os problemas brasileiros”, disse.

            A Escola de Cidadania da Câmara Municipal de São José dos Pinhais busca contribuir com a inclusão social e política dos cidadãos de maneira a formar consciência de deveres e direitos. Para o desenvolvimento das atividades foram criados os programas Visitas Orientadas, Vereador Mirim e Fala Cidadão.

            A cartilha, que conta a história do município e funções dos três poderes em quadrinhos, será distribuída nas escolas de São José dos Pinhais. Auxiliaram a autora e ilustradora Cristiane Nogueira, a historiadora Maria Angélica Marochi, a professora Marghareth Pereira e o artista plástico Roney Erthal. “Decidimos fazer o formato cartilha porque havia muita informação a ser repassada. São 36 páginas ilustradas e colorizadas, com linguagem de fácil compreensão destinada ao leitor jovem. Para falarmos dos três poderes foram criados personagens que os representam. Este material é uma ferramenta para resgatar o interesse e a participação dos jovens nas questões políticas”, conta Cristiane.

 

           

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 14/03/2012

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support