Vereadores reivindicam ao Estado melhorias para as escolas de São José dos Pinhais

Grupo pediu, também, construção de novas unidades de ensino.

             Em reunião realizada na Sude – Superintendência de Desenvolvimento Educacional da Secretária Estadual de Educação, na tarde desta terça-feira (20), um grupo de vereadores de São José dos Pinhais solicitou melhorias para diversas escolas do município e construção de novas unidades. Os vereadores foram atendidos pela Coordenadora de Núcleos Regionais de Educação, Marise Ritzmann.

            Estiveram presentes no encontro os vereadores professor Walder Mulbak (DEM), Lucia Stoco (DEM), Carlos de Castro (DEM) e Onildo dos Santos (PT). Segundo eles, o maior problema da pasta em São José dos Pinhais é a superlotação das escolas. “A cidade está crescendo muito rápido e as escolas existentes não conseguem mais atender a demanda. Precisamos de novas instituições de ensino e o município possui terrenos para isso”, explicou Onildo que pediu ampliação do Colégio Estadual Chico Mendes, no bairro São Marcos, e a construção de uma nova escola na região.

            De acordo com Walder Mulbak, também já há um terreno disponível para a construção do novo prédio que abrigará o Colégio Estadual Padre Antônio Vieira, no entanto ainda não há um projeto por parte do Estado. “Sabemos que a situação das escolas da Região Metropolitana de Curitiba não está boa. Um exemplo é o Colégio citado, mas esta obra já está em análise”, declarou Marise. O vereador Carlos de Castro também comentou a situação do Colégio Estadual Guatupê. “O colégio está superlotado, crianças de outros bairros estão sendo matriculadas. Precisamos de uma nova escola na região urgentemente. A prefeitura possui um terreno na área e está disposta a doá-lo ao Estado”, disse.

            Outra reclamação dos vereadores é a situação dos colégios existentes. Segundo eles, unidades recentemente inauguradas já precisam de reformas, como por exemplo, o Colégio Estadual Ipê. “Os alunos não têm onde ficar quando chove, pois as salas inundam. Além disso, precisamos de muros mais altos em razão dos assaltos, caixas de energia fora das salas de aula, janelas mais altas, entre outras coisas”, disse o vereador Walder Mulbak que também é vice-diretor da escola.

            A vereadora Lúcia Stoco também pediu melhorias para o Colégio  Estadual Tiradentes, localizado no bairro Borda do Campo. Segundo ela, há dificuldades para conseguir reformas para o colégio, pois ele está em uma área alugada. “O município não pode mexer no local, o Estado também não. O terreno deveria ser comprado para assim, podermos melhorar a estrutura física do Colégio”, explicou.

            A Coordenadora do Núcleo pediu aos vereadores para protocolarem os pedidos e se comprometeu a analisá-los. “Estamos alocando recursos, há demora nas reformas porque o Estado está sofrendo com a falta de profissionais da engenharia. Mas já estamos fazendo estudos de demanda para que as licitações sejam abertas”, declarou Marise.

 

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 20/09/2011

 

Clique 2 vezes na foto e a veja em alta resolução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support