Vereador Carlos de Castro homenageia filho falecido e agradece solidariedade

Carlos Alberto de Castro tinha 25 anos e faleceu no último dia 14

 

            O vereador Carlos de Castro fez uso da tribuna, durante a sessão ordinária da Câmara Municipal desta terça-feira (24), para homenagear o filho, Carlos Alberto de Castro, que faleceu em um acidente de carro no último dia 14 de maio. O vereador fez questão de agradecer o carinho e solidariedade dos amigos e membros da comunidade são-joseense.

            Durante o discurso, Carlos falou sobre o filho e a dificuldade de superar este momento, tão difícil na vida da família. “Foi o pior acontecimento de toda minha vida, penso no meu filho o dia todo e não consigo controlar o choro, mas agradeço a Deus por me ter dado a oportunidade de conviver 25 anos ao lado de uma pessoa tão especial quanto ele”, declarou o vereador, visivelmente emocionado.

            O vereador também aproveitou a oportunidade para, em nome da família, agradecer as mensagens de solidariedade e o carinho recebido dos amigos e moradores da cidade, principalmente dos bairros Guatupê e Ipê. “Quero agradecer as pessoas que me ligaram, compareceram ao enterro ou a missa de sétimo dia. A igreja estava lotada e receber esse apoio amenizou a dor de perder meu filho”, falou Carlos que, ao final de seu discurso, fez uma recomendação a todos. “Abracem seus filhos e digam que os amam todos os dias”.

            Em seguida, o presidente do Legislativo, professor Assis Manoel Pereira, pediu um minuto de silêncio em solidariedade ao vereador e sua família. Ao fazer uso da palavra em explicação pessoal, o vereador professor Walder Mulbak destacou a fala de Carlos de Castro a respeito do carinho e cuidado que se deve dedicar aos filhos. “Tudo que acontece em nossas vidas tem um propósito definido por Deus. Pais, cuidem dos seus filhos enquanto há tempo, viva com eles intensamente cada dia, apoiando, corrigindo, estando sempre presente, assim como fez nosso colega”, afirmou Walder que, em nome dos demais vereadores, demonstrou seus pesares ao vereador mais antigo da Casa.

            Toninho da Anderson também fez uso da palavra. “Hoje é o dia mais triste de toda minha vida política, gostaria de tomar para mim, pelo menos uma parte da dor de nosso colega. São essas situações que fazem com que avaliemos melhor o relacionamento com nossos familiares”. Ao final da sessão, Assis Manoel Pereira fez dele as palavras dos vereadores Walder e Toninho da Anderson.

 

 

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 24/05/2011

 

Clique 2 vezes na foto e a veja em alta resolução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support