Vereadores aprovam criação do Procon/SJP

             Após quatorze anos de incessantes solicitações por parte dos vereadores, será criada uma unidade do Procon (Coordenadoria Municipal de Defesa do Consumidor) em São José dos Pinhais. O Legislativo aprovou, em segundo turno, na sessão ordinária da Câmara Municipal da última terça-feira (22), a Lei que institui o órgão no município.

            Além do Procon, também foram instituídos o Conselho Municipal de Defesa do Consumidor (CMDCON) e o Fundo Municipal de Defesa do Consumidor. A estrutura do Sistema Municipal de Defesa do Consumidor, que abrange o Procon, CMDCON e o Fundo de Defesa, segue os moldes sugeridos pelo estado do Paraná.

            De acordo com a Lei, oriunda do Poder Executivo, o Procon ficará vinculado à Procuradoria Geral do Município. Entre suas atividades destaca-se: orientação e defesa aos consumidores contra prováveis abusos praticados nas relações de consumo; fiscalização e aplicação de sanções administrativas previstas no Código de Defesa do Consumidor e promoção de estudos e pesquisas de interesse dos consumidores.

            Já ao Conselho Municipal (CMDCON) caberá, entre outras atividades, gerir o Fundo Municipal de Defesa do Consumidor, destinando os recursos para projetos e programas de educação, proteção e defesa do consumidor. Ele será composto por representantes do poder público, entidades representativas e da sociedade civil organizada.

            Durante a sessão do dia 17 de fevereiro, em que o Projeto foi votado em primeiro turno, os vereadores lembraram a necessidade da criação do órgão em São José dos Pinhais. “As pessoas tinham dificuldade de ir até Curitiba, além disso lá as filas são enormes e o tempo de espera muito grande. Agradecemos ao Executivo por atender nossos pedidos”, declarou o vereador Carlos de Castro (DEM).

            Os vereadores Toninho da Anderson (PP), professor Assis (PSDB) e professor Imar Augusto (PSB) também fizeram uso da palavra, mostrando-se favoráveis a criação do Procon. Imar declarou-se contra a criação de cargos de comissão para composição das chefias do órgão.

 

Renata Teixeira Gomes

 Assessoria de Imprensa 23/02/11

 

 

 

Clique 2 vezes na foto e a veja em alta resolução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support