Comerciantes preocupados com assaltos reúnem-se com vereador Fenemê

Comércio da região central vem sofrendo arrombamentos constantes

 

Comerciantes do centro de São José dos Pinhais reuniram-se, na manhã desta segunda-feira (22) na Câmara Municipal, com o vereador Aílton Fenemê. O principal assunto do encontro foi o grande número de assaltos e arrombamentos que vêm sofrendo as lojas da região. Também participaram da reunião o secretário municipal de segurança, Marcelo Jugend e o comandante da Guarda Municipal, Altair Mário.

Segundo os comerciantes, os assaltos ocorrem geralmente de madrugada, quando não há patrulhamento intensivo nas ruas da cidade. Um dos lojistas presentes, que preferiu não se identificar, revelou que se a segurança não melhorar pretende vender seu estabelecimento. “Pagamos impostos, criamos empregos e queremos contribuir com o desenvolvimento do município, mas com esta situação está muito difícil”, afirma.

Após relatarem vários casos de roubos, os comerciantes admitiram estar com medo de trabalhar e, de acordo com eles, mesmo instalando várias trancas e grades, os ladrões acabam encontrando uma forma de arrombar os estabelecimentos. “Não estamos aqui para criticar a administração ou apenas reclamar, queremos achar uma solução em conjunto com as autoridades”, explicou outro lojista, que também preferiu não se identificar. O grupo presente pediu, em nome de todos, instalação de mais câmera de segurança na região central e abordagens da Guarda Municipal durante a madrugada.

O secretário municipal de segurança, Marcelo Jugend, explicou que há 32 (trinta e duas) câmeras de segurança funcionando em toda cidade, porém elas possuem limitações já que têm baixa capacidade de armazenamento (apenas cinco dias) e não filmam em 360 graus. “Estamos providenciando um equipamento que armazena as imagens durante trinta dias e vamos tentar incluir no plano de ação de 2011 a compra de mais câmeras”, esclareceu Jugend.

Ainda segundo o secretário, há duas equipes da Guarda Municipal trabalhando em um módulo policial localizado na Praça 8 de Janeiro. De acordo com ele, essas equipes têm como função visitar os comerciantes da região e coletar informações sobre assaltos e vandalismos. Porém, os lojistas afirmaram não estarem recebendo tais visitas.

Além da compra de novas câmeras de segurança, o secretário sugeriu, também como solução, a criação de um Comunseg (Conselho Municipal de Segurança) dos comerciantes e moradores do Centro. “O Comunseg é um canal direto da população com a administração pública. O cidadão tem o direito de opinar e ajudar na elaboração de políticas que vão atendê-lo” explicou.

O comandante da Guarda Municipal, Altair Mário garantiu aos comerciantes que irá intensificar o patrulhamento de madrugada e pediu a colaboração de todos. “A segurança é uma soma de esforços: câmeras, abordagens, patrulhamento e, principalmente, informações. Por isso é fundamental a colaboração de todos”.

Ao final do encontro o vereador Aílton Fenemê agradeceu a presença de todos e avaliou positivamente a reunião. “Parabenizo a iniciativa dos comerciantes, pois é através do diálogo que iremos resolver mais facilmente os problemas da comunidade são-joseense”.

Renata Teixeira Gomes
Assessoria de Imprensa 22/11/10

Clique 2 vezes na foto e a veja em alta resolução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support