Legislativo são-joseense solicita importantes benfeitorias para o município

Através de indicações os vereadores pediram diversas melhorias ao Executivo
 


 Cumprindo o papel de representantes do povo, os vereadores de São José dos Pinhais vêm apresentando, nas sessões ordinárias da Câmara Municipal, importantes pedidos de melhorias em diversas áreas de atuação do Executivo. Na sessão dessa terça-feira (15) foram apresentadas 27 indicações com solicitações de limpeza e manutenção de terrenos e ruas, construção de áreas de lazer, segurança, saúde, entre outras.       
 
Destacaram-se, entre as indicações, as dos vereadores Aílton Fenemê (PSDB), Toninho da Anderson (PP), Walder Mulbak (DEM), Sylvio Monteiro (DEM) e Mari Temperasso (PSDB).
 
O corregedor da Casa de Leis, vereador Aílton Fenemê, pediu para que o Executivo determine ao órgão competente a elaboração de um projeto de lei que institua a Semana contra a Pedofilia em São José dos Pinhais. Com objetivo de discutir o tema e orientar pais, professores e demais profissionais da área, durante o período (primeira semana de outubro), serão realizadas palestras e atividades ligadas ao assunto e ministradas em locais públicos. “Queremos, ainda, que placas pedindo para o cidadão denunciar este tipo de crime e alertando sobre a pena a ser cumprida pelos infratores sejam afixadas em lan-houses do município, pois a pedofilia também é muito praticada pela internet”, acrescentou o vereador.
 

Preocupado com a qualidade de vida dos idosos, o vereador Toninho da Anderson apresentou as indicações 4818 e 4819. Em primeiro lugar, Toninho solicitou a implantação de um programa de assistência médica geriátrica de atenção primária, com objetivo de evitar doenças típicas da terceira idade. “Será um trabalho multidisciplinar entre as áreas como medicina, nutrição, psicologia, odontologia e outras”, explicou o autor da indicação. Toninho da Anderson pediu ainda, à Secretaria de Assistência Social, a criação de um departamento especial de Atenção aos Direitos do Idoso, com a finalidade de gerir e organizar as ações decorrentes da Política Nacional do Idoso e Estatuto do Idoso, ambos regulados por leis federais.
 
Também preocupado com os idosos, o vice-presidente do Legislativo, Sylvio Monteiro, pediu a regulamentação prevista no artigo 28 da Lei Municipal nº666 de 2004 que trata do funcionamento e administração do Fundo Municipal dos Direitos do Idoso.
 
Já o vereador professor Walder Mulbak, apresentou indicação requerendo a implantação de um sistema dentro das maternidades do município para a emissão de certidão de nascimento na hora, antes de o bebê e a família retornarem às suas casas. Batizado de “Criança Cidadã” o projeto visa à redução do número de crianças sem registro de nascimento ou com registro tardio. Ainda, segundo o vereador, o sistema ligará, simultaneamente, cartórios e maternidades.
 
Finalmente, pode-se destacar as indicações apresentadas pela vereadora Mari Temperasso que pedem a implantação de contra turno escolar nas escolas municipais Antônio Franco da Rocha, Prefeito Francisco Ferreira Claudino e Mari Leni Haluch de Bastos, todas na região da Borda do Campo. “As atividades preencherão o tempo livre dos alunos, deixando os pais que trabalham o dia inteiro mais tranquilos”, declarou a vereadora.
 

Renata Teixeira Gomes
 Assessoria de Imprensa 17/06/10

Clique 2 vezes na foto e a veja em alta resolução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support