Vereadores aprovam reajuste salarial para servidores públicos do município

Visando incluir o reajuste salarial, proposto pelo Prefeito Municipal, ainda no pagamento deste mês de maio, o presidente da Câmara Municipal, vereador Professor Assis Manoel Pereira (PSDB), convocou sessão extraordinária, realizada nesta segunda-feira (24), para análise e votação dos projetos de Leis encaminhados.
 

Os vereadores são-joseenses, preocupados com os funcionários públicos, aprovaram, em primeiro e segundo turno, os Projetos de Lei nº 168, que dispõe sobre o reajuste de vencimentos dos servidores públicos municipais, e nº 169, que altera dispositivo da Lei nº 525, de 25 de março de 2004, e alterações – Estatuto dos Servidores Públicos Municipais, bem como o Projeto de Lei Complementar nº 55, todos datados em 21 de maio de 2010.
 

De acordo com o presidente Assis, o índice de reajuste salarial aprovado foi de 7,573%, abrangendo todas as categorias profissionais, inclusive os inativos.  Ele lembrou que os vereadores não podem alterar a proposta encaminhada pelo poder Executivo, “ao vereador cabe aprovar ou não”.
 

Muito importante também, na opinião do vereador, foi a aprovação do Projeto de Lei Complementar nº 55. Com esta nova lei o valor inicial para os cargos de Atendente de Consultório Dentário, Auxiliar de Enfermagem, Auxiliar de Oficinas, Auxiliar de Serviços de Saúde, Coveiro, Educador Social, Motorista, Oficial de Obras e Manutenção, Preparador de Alimentação, Servente Feminino, Servente Masculino e Telefonistas será o nível 21, mantendo-se a mesma carga horária semanal de 40 horas.
 

“Os servidores já ocupantes dos cargos, que estejam em nível inferior, fica resguardado o enquadramento no novo nível e, ainda, os agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias, terão um salário de R$ 815,00”, esclareceu o presidente da Câmara.
 

Já o Projeto de Lei nº 169, modifica o art.88, § 3º, que passa a vigorar com a seguinte redação: O exercício do trabalho em condições insalubres acima dos limites de tolerância estabelecidos, assegura a percepção de adicional de 40%, 20% e 10%, sobre o nível da tabela de vencimentos do quadro de servidores do Município correspondente ao nível 21, segundo sejam classificados os graus máximo, médio e mínimo, respectivamente.
 

Para o presidente da Câmara, vereador professor Assis, com a aprovação desses projetos, estão sendo beneficiados aqueles servidores que menos ganhavam na administração municipal, que passaram de um salário médio de R$ 400,00 para R$ 815,00. “Este é um grande avanço mas, nós vereadores, estamos atentos e vamos continuar reivindicando melhorias para outras categorias profissionais” finalizou.
 

Jornalista Nara Moreira – 24/05/2010

Clique 2 vezes na foto e a veja em alta resolução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support