Vereadores continuam cobrando melhorias para São José dos Pinhais

       Durante a 28ª sessão ordinária do Legislativo, ocorrida ontem (05), os vereadores exigiram melhorias em relação à segurança e infra-estrutura em São José dos Pinhais.
 

 
            Em primeiro lugar, fez uso da palavra o vereador Aílton Fenemê. Segundo ele, o Executivo está tratando com descaso os moradores do Jardim Modelo, planta Afonso Pena. “A região já tem água e luz, mas o manilhamento ainda não foi feito. A população está revoltada e a prefeitura não toma providências. Muitas famílias serão removidas das margens do rio, mas muitas ficarão. Essas famílias merecem morar num lugar que ofereça o mínimo de condições estruturais”, completou.
 

 
            O vereador professor Walder Mulbak destacou, em sua fala, a inauguração da nova sede do Colégio Estadual Ipê, no Jardim Alegria. O vereador, que foi o fundador e primeiro diretor da escola em 1993, relatou que há muito tempo esperava e lutava, juntamente com demais vereadores, pela construção do novo prédio. O evento de inauguração do novo colégio realizou-se na última terça-feira (03) e contou com a presença, além do professor Walder, dos vereadores Carlos de Castro, Aílton Fenemê, Lucia Stoco e Sylvio Monteiro e demais autoridades do município e do estado.
 

 
            Walder Mulbak anunciou ainda, que participará, nesta sexta-feira (06) de um seminário promovido pela Ferroeste com objetivo de trazer novas idéias relacionadas ao transporte ferroviário em São José dos Pinhais. Para o vereador “esse tipo de transporte coletivo é mais limpo, ecologicamente correto, mais barato e seguro, tanto no que diz respeito ao transporte de cargas quanto de passageiros”.
 

 
            Finalmente, os vereadores professor Imar Augusto e Sylvio Monteiro, criticaram, novamente, a administração da segurança pública no município. “Só nesta madrugada cinco pessoas morreram assassinadas em São José dos Pinhais. O secretário de saúde não atendeu os Guardas Municipais que solicitaram uma audiência e ainda não cumpriu as promessas feitas, como por exemplo, a implantação de câmeras de segurança na cidade”, declarou Sylvio Monteiro que afirmou ainda, que irá apresentar um Projeto de Lei determinando que os secretários residam no município onde trabalham.
 

 
            A reclamação do vereador professor Imar Augusto trata da frota disponível a Guarda Municipal que, segundo ele, não é suficiente para atender toda cidade e está diminuindo a cada dia.
 

 
            Na mesma ocasião Walder Mulbak pediu vistas aos Projetos de Lei nº 93 e 94 que dizem respeito, respectivamente, ao Plano Plurianual para o quadriênio 2010/2013 e receita que fixa a despesa do município para o próximo ano.
 

 
            Renata Teixeira Gomes
 

 
Assessoria de Imprensa 06/11/09
 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support