Vereador Professor Walder Mulbak solicita academias públicas para São José dos Pinhais

O vereador pediu ainda, revitalização e manutenção da Praça do Verbo Divino.
 

 

            Durante a sessão ordinária desta terça-feira (27), o vereador Professor Walder Mulbak fez uso da tribuna para solicitar melhorias relacionadas às atividades de esporte e lazer oferecidas pelo município.
 

            Em primeiro lugar, o vereador sugeriu a instalação de academias públicas ao ar livre em locais específicos da cidade, como praças e arredores de ginásios poliesportivos. “Em Maringá este projeto já deu certo pois, há aparelhos em todos os bairros da cidade. Estas academias beneficiam as pessoas que não podem pagar pelo serviço ou preferem exercitarem-se em locais abertos”, afirmou. Ainda, segundo ele, o custo para implantação dos aparelhos é considerado baixo, cerca de 20 mil reais por academia.
 

            Na mesma ocasião, o vereador apresentou as indicações nº 3249 e 3250 que determinam, respectivamente, a contratação de um zelador e reforma geral da Praça do Verbo Divino, localizada a Rua Veríssimo Marques no Centro da cidade.
 

Para o vereador, a praça, atualmente, atrai desocupados e traficantes de drogas, o que torna o local perigoso para seus usuários. “Fiz as indicações para que o zelador e também a Guarda Municipal intimidem o vandalismo e o tráfico na praça. Queremos que este local se torne referência para São José dos Pinhais”.
 

Por fim, o Professor Walder falou sobre outro projeto, que ainda será apresentado, com objetivo de reaproveitar remédios que não são totalmente utilizados. Segundo ele, a idéia é contratar um funcionário para receber, separar e embalar os remédios e suas respectivas bulas, para que estes possam ser redistribuídos pela Prefeitura.
 

Além disso, será apresentado, também, um Projeto de Lei em que as empresas fabricantes serão responsabilizadas pela coleta e devida destinação a remédios vencidos, já que muitas pessoas não sabem o que fazer com estes remédios e acabam descartando-os de maneira imprópria. “Temos que nos preocupar com o meio-ambiente agora para que as futuras gerações não sofram as conseqüências”, finalizou.
 

Renata Teixeira Gomes
 

                                               Assessoria de Imprensa 27/10/09

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support