Vigilância Epidemiológica faz palestra na Câmara Municipal

Com o objetivo de dirimir as dúvidas dos funcionários, assessores e vereadores da Câmara Municipal, a médica da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Maria de Cássia Espinola, esteve na tarde dessa quinta-feira, 03, nas dependências do órgão, proferindo palestra sobre a influenza A – H1N1.
 

            Na ocasião ela falou do trabalho desenvolvido pela Vigilância Epidemiológica na prevenção e assistência realizada no município desde maio deste ano. Inicialmente, segundo Maria de Cássia, foram realizadas capacitações, englobando desde os profissionais até os responsáveis pela limpeza, nas Unidades de Saúde Básica, de Urgências e no PSF, além dos Hospitais Municipais São José e Átilio Talamini. Também os hospitais e clinicas particular receberam o mesmo tratamento.
 

            Ainda, esclareceu a palestrante, foram dadas orientações para professores, diretores e gestores das Escolas Municipais, Estaduais, CEMEIS e Estabelecimentos de Ensino Particulares, da esfera Infantil, Fundamental e Médio. Apae, abrigo municipal e casas institucionais também foram contempladas.
 

            No decorrer da palestra a médica falou também sobre: definição da doença, quando e como ela surgiu; sintomas; evolução e tratamentos. Informou que o Hospital São José está dando consulta para crianças e para adultos as consultas são na Casa da Gripe, próxima do referido hospital.
 

            Com relação aos dados referentes aos casos dessa gripe no município, Maria de Cássia revelou que existem 605 pacientes em monitoramento e 847 casos já encerrados. Os casos confirmados por laboratório somam 39, sendo que ocorreram 6 óbitos confirmados e suspeitos mais 5, aguardando resultados. No Paraná, os dados mais recentes são: 5.803 casos confirmados e 202 óbitos.
 

            Ao encerrar, a médica destacou que a calamidade não foi maior no município pelo trabalho desenvolvido e pela vontade política do prefeito municipal, Ivan Rodrigues, que deu todo o suporte para a equipe da Vigilância Epidemiológica.
 

            Jornalista Nara Moreira – 03/09/2009
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support