Presidente da Câmara Municipal fala do desrespeito com o Poder Legislativo

Vereadores são-joseenses encerram atividades legislativas do primeiro semestre com várias críticas a integrantes do poder Executivo.
 

 
 

         Foram encerrados, nesta terça-feira (17), os trabalhos legislativos do primeiro semestre da Câmara Municipal de São José dos Pinhais. O evento contou com a presença do vice-prefeito do município, Toninho da Farmácia que, na ocasião agradeceu o apoio dado pelos vereadores à administração do prefeito Leopoldo Meyer.
 

         Já o presidente da Câmara, vereador prof. Assis Manoel Pereira, fez uso da tribuna para mostrar sua indignação com a falta de respeito de alguns setores da sociedade organizada, bem como de integrantes do Poder Executivo, com o Poder Legislativo. “Sabemos que a imagem do político vem sendo desgastada, tanto a nível estadual como nacional, através da divulgação de inúmeros escândalos envolvendo deputados estaduais, principalmente pela aprovação da Lei que lhes concede aposentadorias pagas pelo povo paranaense, como de deputados federais e senadores com denuncias de corrupção. Mas isto não justifica a falta de consideração com os vereadores são-joseenses, que durante seus mandatos trabalham incansavelmente na busca de melhorias para a população. A nossa Lei Orgânica confere a Câmara Municipal lugar de destaque entre os três poderes do Município: Legislativo, Executivo e Judiciário, e muitas são às vezes em que representantes desse importante órgão se fazem presentes em eventos e nem se quer são mencionados pelos mestres de cerimônia, bem como têm seus nomes omitidos nas matérias divulgados pelos meios de comunicação. Não podemos aceitar isto, pois fomos eleitos pelo povo, sendo os seus legítimos representantes”, desabafou o presidente.
 

         Ainda, em sua fala, Assis também mencionou que muitos secretários Municipais e diretores de Departamentos da própria prefeitura Municipal não tem tido a devida consideração e respeito com o cargo que o vereador ocupa, “mas geralmente essas pessoas são aquelas que foram indicadas politicamente e nem sequer têm a competência devida para ocupar os cargos para os quais foram designados”. Justificando o seu discurso, o presidente da Câmara Municipal citou o exemplo de um requerimento, recém aprovado e encaminhado à Prefeitura, que pedia informações a respeito dos salários pagos a aposentados e pensionistas através do Prev-São José. “Ferindo o princípio constitucional da Câmara, que é fiscalizar o Poder Executivo, nos foi encaminhado documento, com um parecer medíocre, que as informações não poderiam ser dadas. Isto é um absurdo e não podemos aceitar, pois é direito do vereador solicitar todas as informações que forem necessárias. Fica aqui minha indignação pela falta de respeito com esta Câmara Municipal”, ressaltou o vereador, que terminou sua fala dizendo aos presentes à sessão: “Não sejamos só coadjuvantes ou figurantes no processo de administração desta cidade, vamos também ser protagonistas”.
 

         O tema, abordado pelo presidente do Legislativo, durante uso da tribuna, foi amplamente discutido pelos vereadores Donizete Fraga, Ailton Fenemê e Joel Almeida, ao fazerem uso da palavra em suas explicações pessoais. Eles também fizeram inúmeras criticas a integrantes do Poder Executivo, concordando com o posicionamento do presidente da Câmara Municipal, vereador prof. Assis Manoel Pereira.
 

         Os trabalhos legislativos, encerrados nesta terça-feira, voltam a partir do dia 02 de agosto próximo.
 

 
 

Jornalista Nara Moreira – 18/07/2007

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support