Secretário de Estado de Transportes recebe vereadores e prefeito de SJP

Autoridades municipais reivindicam passarela sob a rodovia 277, que atenda os moradores do bairro São Judas Tadeu, em São José dos Pinhais.
 

 
 

O vereador professor Walder Mulbak, acompanhado pelo presidente do Legislativo são-joseense, vereador prof. Assis Manoel Pereira, do prefeito Leopoldo Meyer e do presidente da Associação de Moradores do bairro São Judas Tadeu, Geraldo Viana da Silva, estiveram na sexta-feira (20), na Secretaria de Estado dos Transportes, em Curitiba, reunidos com o secretário Rogério Tizzot e com representantes do DER, para reivindicar a construção de uma passarela, que atenda os moradores do bairro São Judas Tadeu.
 

Na oportunidade, as autoridades são-joseenses explanaram sob a atual situação do bairro São Judas Tadeu, localizado na divisa do município de São José dos Pinhais com Curitiba, e das dificuldades enfrentadas pelos moradores daquela região.
 

A questão da necessidade de construir uma passarela sob a Br 277, que atenda a população do bairro São Judas Tadeu não é nenhuma novidade. Sabendo que a maioria dos moradores daquela região depende do transporte coletivo, e que o único caminho existente atualmente para atravessar a rodovia é por baixo da ponte, uma vez que o canteiro está fechado com telas de proteção, o vereador professor Walder Mulbak há tempo vem lutando por esta benfeitoria.
 

“O maior problema enfrentado pela população ao atravessar a rodovia por baixo da ponte, não é o fato de ser distante do bairro, mas sim a falta de segurança. Ali é uma área de risco e inúmeros assaltos já ocorreram”, explicou o presidente da Associação de Moradores, Geraldo Viana da Silva.
 

Na ocasião, o secretário de Estado dos Transportes, Rogério Tizzot, disse que irá tomar as devidas providências para que a Concessionária Ecovia, responsável por aquele trecho, construa em menor tempo possível a passarela. Desta maneira, solicitou que o pedido fosse formalizado, através de documento, assinado pelos moradores do bairro.
Outro assunto tratado na reunião foi sobre a questão da construção de uma ponte sob o Rio Iguaçu, próximo ao bairro São Judas Tadeu. Os responsáveis pela documentação, para que a obra seja iniciada, afirmaram que o processo é lento, mas que já se encontra em andamento.
 
 

Jornalista: Franciele Ulson
23/10/06

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Feedback
Feedback
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support